Images

Carta de Condução por pontos? Como funciona isto afinal de contas???

Sim, é verdade, a partir do próximo dia 1 de Junho de 2016, próxima quarta-feira, as cartas de condução passam a ser pontos. É tipo um jogo muito engraçado em que o objectivo é não chegar aos zero pontos... senão... saímos do jogo!

Como funciona isto afinal?

A partir de 1 de Junho vamos todos ter 12 pontos... se fizermos muita azelhice ao volante vão-nos sendo descontados pontos... e se chegarmos aos zero pontos... ficamos sem carta... e só passados dois anos podemos voltar a tirá-la.


E como funcionam os pontos?

Se as contraordenações forem graves podem tirar 3 ou 2 pontos, dependendo da contraordenação que for. 
Tiram 3 Pontos: Condução alcoolizado, excesso de velocidade e ultrapassagens em zonas de passagem de peões e velocipedes.
Tiram 2 pontos: Restantes contraordenações classificadas como graves.

Se as contraordenações forem muito graves podem tirar 5 ou 4 pontos, dependendo da contraordenação que for. 
Tiram 5 Pontos: Condução sobre efeito do álcool ou substâncias psicotrópicas e excesso de velocidade.
Tiram 4 pontos: Restantes contraordenações classificadas como muito graves.

Se a contraordenação for classificada como crime rodoviário, tira 6 pontos


Mas isto não é sempre a descontar malta, também há a possibilidade de ganhar uns pontinhos!!! 

Se estivermos 3 anos sem qualquer tipo de contraordenação, ganhamos 3 pontos.
Se a cada renovação da carta não tivermos nenhum crime rodoviário e frequentarmos uma acção de formação voluntariamente, ganhamos 1 ponto.
Bom, espero que tenha sido uma postagem útil.

P.S. - E se não formos nós a fazer as azelhices... mas o próprio carro? Como fica isso? O IMTT não pensou nisso com toda a certeza. Sendo assim...
... oh Michael Knight... cuidadinho aí com o Kit que ele pode tramar-te!!!

Images

Uma exposição no mínimo estranha - Great Wall of Vagina

Ora viva!! Bom, tenho sido um blogger muito ausente neste ano de 2016, sei disso... mas mantenho o meu cantinho por aqui.

Hoje vi no Facebook uma divulgação a uma exposição que vai haver em Londres neste mês de Abril, até aqui nada de extraordinário, mas o tema desta exposição é que me fez ficar espantado... e porquê... porque o tema é nada mais, nada menos do que... vaginas... sim... vaginas!!

Atenção que, como o próprio autor da exposição afirma, isto não é nada erótico e muito menos pornográfico... é arte sobre as partes intimas femininas. A exposição chama-se "The Great Wall of Vagina" e é composto por esculturas de vaginas, cujos moldes foram feitos em mais de 400 mulheres... portanto mais de 400 vaginas expostas nestes murais. 

Se acham estranho, podem mesmo consultar o site da exposição. Neste site é explicado como é o obtido o molde e a razão de existir a exposição.

Mas, é algo como isto:


Bom... e por hoje é isto...
Images

Masturbação faz engravidar... as mãos na próxima vida!!

Li esta noticia no site PtJornal e não pude deixar de a comentar. Pois bem, pelos vistos na Turquia um orador religioso, em directo na TV saíu-se com uma muito boa.

Ora, o senhor disse o seguinte: "Quem abusar da masturbação pode engravidar as mãos na outra vida”.

Bom, parece-me inteiramente lógica esta afirmação... quem, afinal de contas, nunca teve uma mão grávida? Huuummmm? Quem? Quem, afinal de contas, nunca ouviu falar em partos pelas mãos? 

Pois... e agora sim podemos dar uso à frase, por mim inventada, de: "Mas que filho da mão!!"

Vamos lá por ordem nisto. Após várias masturbações, aqueles pequenos altos que vão observar na mão não é uma gravidez meus amigos... chamam-se calos... e dali não vai sair nenhuma criança, podem crer. 

Pessoalmente prefiro calos a ter uma gravidez nas mãos... não ia dar jeito nenhum apertar a mão a alguém e de repente rebentarem as águas...!! Mas, como é na próxima vida que a gravidez se reflete, o "eu" da próxima vida que se desenrasque!!

Mas nem tudo é mau... se praticarem muito... ficam assim:
 
Images

Conselho útil: “Se não querem ser violadas, mantenham-se a um braço de distância de desconhecidos”

“Se não querem ser violadas, mantenham-se a um braço de distância de desconhecidos”, este foi o conselho dado pela senhora Henriette Reker, presidente da Câmara de Colónia, cidade alemã onde, pelo menos, 90 mulheres foram atacadas por mais de mil homens na noite de 31 de dezembro. Li esta notícia no Jornal Expresso.

"Manterem-se perto de um grupo de pessoas conhecidas e pedirem ajuda aos restantes transeuntes." Estes foram os restantes conselhos dados à população do sexo feminino da sua cidade.

Mas... será que na Europa do século 21, em pleno ano de 2016, num país tão desenvolvido como a Alemanha, as mulheres não podem andar à vontade na rua sem correrem o risco de serem violadas? Se calhar há seis meses atrás podiam... mas depois a Alemanha começou a albergar um novo tipo de população, que essa sim, ainda vive no século 15... ou na pré-história, quando bastava uma mulher se debruçar e piiimmmbbbaaaa... já estava a levar com o entusiasmo masculino por ali adentro!!

Bom, os meus conselhos para não serem violadas são estes: 
1- Fiquem em casa a tratar do lar, dos maridos e nunca saiam... como no século passado. 
2- Coloquem cintos de castidade, como há dois séculos atrás.
3- Em vez de uma vagina... tenham uma pila.
4- Tenham uma cara como a da senhora presidente da câmara de Colónia.  
5- Venham para Portugal, país de moralidades, onde até o piropo é punido com prisão.

Seguindo estes meus conselhos... nunca serão violadas! São conselhos parvos? São... mas eu não sou presidente da câmara de Colónia... e os conselhos da senhora presidente andam no mesmo nível dos meus!
Images

Não somos um país rico senhores doutores.

Não quero que esta seja uma postagem contra a classe médica, que não o é. Aliás, a classe médica é um dos mais importantes pilares de uma sociedade que seja digna desse mesmo nome... sociedade.

Mas pelos vistos em Portugal as doenças só podem aparecer de segunda a sexta... até às 17:30, porque a partir daí não há médicos de todas as valências para salvar quem precisa. O David Duarte teve o "azar" de ter tido um problema de saúde a uma sexta-feira, e por isso não teve a devida assistência porque a equipa de médicos estava no seu fim de semana e não ia trabalhar porque o Estado não paga o suficiente para trabalhos de fim de semana.

Ganhou o dinheiro... perdeu o paciente... ahhh, e também perdeu a vida... uma vergonha.

Mas agora sim... depois disto já vão haver médicos de neurologia de prevenção ao fim de semana. Agora? Agora já é tarde... agora uma família chora uma morte por uma questão de euros.

O Estado não paga o que é devido aos médicos? Acredito que seja verdade, tanto que não há dinheiro que pague quem salva vidas. Mas não somos um país rico senhores doutores!! Os polícias não ganham o que mereciam... nem os professores... nem os militares... nem os guardas prisionais... nem os enfermeiros, etc etc. Mas quem aceita trabalhar para o Estado, para a bandeira nacional, sabe ao que vai, que não somos um país rico. E também sabe que para este tipo de profissões não há fins de semana... não há feriados... não há natais nem páscoas... nem passagens de ano... trabalha-se quando é preciso. E neste caso, foi preciso...


Não há médicos que cheguem? Abram mais vagas... baixem as médias de acesso à classe, ou acham que um aluno com média final de 17, ou mesmo 16, é um "burro" que não merece ser médico? Se calhar estes "burros" mentecaptos dariam mais valor à medicina, ao facto de serem médicos, e salvariam este jovem a uma sexta, sábado ou domingo... mesmo sendo pauperricamente mal pagos. 

Não somos um país rico senhores doutores... mas doentes, esses, há a toda hora e todos os dias... será pedir muito que sejam aquilo que tanto gostam de mostrar que são, e com todo o mérito, médicos.
Images

O desporto deveria ser como o resultado das eleições... todos ganham!!

Ontem foi dia de eleições legislativas em Portugal, estava um dia de chuva e vento, mas mesmo assim muita gente foi votar, o que é de louvar. Eu exerci o meu dever de cidadão exemplar!

A partir das 20:00 começa toda panóplia de análises aos resultados eleitorais pelos partidos... o que eu acho fantástico!

O que resulta disto é o seguinte: Todos os partidos ganharam!!! Fosse o desporto assim e toda a gente andava muito contente!!

Vejamos:

PSD/CDS: Ganharam! Porque na realidade obtiveram mais votos do que os outros partidos, portanto são os vencedores da noite.

PS: Ganhou! Conseguiu que a coligação não obtivesse a maioria absoluta, portanto é o vencedor da noite.

BE: Ganhou! Ganharam bastantes votos em relação a escrutínios anteriores, ultrapassaram a CDU como terceira força politica mais votada em Portugal, portanto é o vencedor da noite.

CDU: Ganhou! Apesar de terem perdido votos para o BE, tiveram a sua cota parte de participação na perda da maioria absoluta da coligação formada pelo PSD/CDS, portanto é o vencedor da noite.

Resumindo, todos são vencedores... todos vão festejar e todos vão beber champanhe!!!

Agora... no meio de tantos vencedores... quem acabou por perder sei eu bem quem foi... os de sempre...!!  
Images

Mensagens subliminares - Parte 1.

Ora cá estou eu naquele que porventura será um dos piores dias do ano de qualquer trabalhador... o primeiro dia de trabalho pós-férias. Sim, custa muito cair nesta dura realidade... ainda há pouco tempo o meu maior trabalho era decidir onde iria estender a toalha, e hoje já me vejo novamente rodeado de trabalho novamente... pior... não fazendo a mínima ideia do que se tem passado nas últimas semanas. Horrivel.

Hoje vou escrever sobre algumas mensagens subliminares que vou vendo por aí, quer dizer, se calhar até nem são tão subliminares quanto isso e a minha mente é tão retorcida que vejo coisas estranhas onde elas não existem.

Numa das minhas incursões de férias pelo centro do país, numa grande superfície comercial de Vila Real, encontrei um cartaz muito engraçado do Zoomoov, uns pequenos carros com as mais variadas formas de animais, para as crianças conduzirem dentro da respectiva superfície comercial.

Lá está... até pode ser da minha mente retorcida... mas mal vi este cartaz pensei isto: "Ui, mas o que é isto? Uma festarola daquelas à antiga na selva com animais de várias espécies num grande fórróbódó?" 

Sou parvo sim, óbvio que uma criança não vê mal nenhum no cartaz... mas... caramba... que me caia um martelo num pé se nenhum pai também já reparou no cartaz na sua faceta mais devassa!!

Curioso que noutra grande superfície comercial de Matosinhos também existe o Zoomoov, e o cartaz, contendo as mesmas personagens, é completamente diferente do que está em Vila Real, sem festarola da selva para ninguém.

Independentemente de cartazes... eu se fosse criança gostava de andar no Zoomoov... gostava de andar de porco!!!